24 de nov de 2008

Boris - Pink

Após um longo hiato, estamos de volta. Em breve atenderei aos pedidos feitos na Shoutbox, aguardem.

Enfim, o Boris é uma banda do Japão que demorou pra aparecer por aqui no blog, mas sinceramente eu nem sabia com qual disco começar. Pensei em fazer upload da discografia, mas seria provável que até que eu terminasse de fazer upload de todos os discos eles já tivessem lançado mais alguns 10 discos inéditos.
Classificá-los em apenas um estilo de som seria uma completa insanidade. Podemos dizer que a banda possui latentes influências do Earth, do Melvins e em menor proporção do Black Sabbath. Resumindo: O Stoner, o Sludge e o Doom, passando pelo Rock Psicodélico dos anos 60/70, algumas partes Ambient sem esquecer claro do Drone, estilo que consagrou a banda após o lançamento do magnífico debut album Absolutego.

Pink é o terceiro dos quatro discos de estúdio que a banda lançou somente no ano de 2005, isso sem contar os outro quatro discos ao vivo além de alguns dvd's que a banda lançou no mesmo ano. O Boris é realmente uma banda criativa, pois é capaz de lançar discos completamente diferentes em um espaço mínimo de tempo, sem perder a qualidade e nem sua identidade em nenhum dos lançamentos.
Nesse disco, a linhagem mais abordada é o Stoner Rock, ainda que as suas outras influências não sejam abandonadas. 
Enfim, um disco indispensável aos fãs da banda, e essencial aos que não conhecem nada do trio japonês.


Pink - 2005

Pink
PS: Os nomes das músicas podem variar de acordo com a fonte ou release, visto que são traduzidos livremente do Japonês (em Itálico), não tendo um nome correto em definitivo.

01. Parting (ou Farewell) | Ketsubetsu
02. Pink
03. Women on the Screen | Sukuriin no Onna
04. Regardless It Is Not Separately (ou Nothing Special) | Betsuni Nan Demo Nai
05. Blackout | Burakku Auto
06. Electric
07. False Bread (ou Pseudo-Bread) | Nise Bureddo
08. It Paints To Be, the Flame (ou Afterburner) | Nurui Honoo
09. 6 3 Times (ou Six, Three Times) | 6 o 3 Tsu
10. My Machine 
11. When We Is Thrown Away (ou Just Abandoned Myself) | Ore o Sute Ta Tokoro


Nenhum comentário: